Bens imóveis de negócios

Fechamento de lacunas: uma necessidade de bens imóveis de negócios, especificamente agora

Apesar de sua longa permanência em transações imobiliárias reais, o fechamento do buraco foi, e deve continuar a ser, usado com melhor frequência. Os fechamentos de lacunas permitem que propriedades precisas sejam transmitidas confortavelmente usando eventos sem a necessidade de deixar suas mesas (e em um mundo COVID-19, seus edifícios pessoais). À luz da pandemia do COVID-19 e da mudança para trabalhar em casa, é obrigatório que os advogados imobiliários, e seus compradores, tenham em mente que a lacuna está diminuindo – suas virtudes também, porque os problemas que isso pode acarretar.

os fechamentos de lacunas são transações no local, depois que os documentos e o dinheiro são entregues, continua a haver um intervalo de tempo anterior ao registro dos documentos. Como ocorre com os fechamentos naturais, uma cobertura de título é emitida garantindo o título normalmente a partir da data da dedicação do título mais recente. A seguradora garante o “buraco” entre a mesa de fechamento e o registro dos arquivos.

Essa “lacuna” também pode ocorrer por várias causas. Por exemplo, vários estados têm um atraso de gravação – o que significa que, embora os arquivos sejam oferecidos para gravação no dia do fechamento, eles também podem não ser processados ​​por algumas semanas. As influências da pandemia COVID-19 e as ordens governamentais que proíbem as operações de registros de títulos e outros provedores de operadoras multiplicaram os atrasos de registro desde o início de 2020.

geralmente, essas lacunas acontecem quando o comprador é encontrado em um estado, o vendedor em outro e a propriedade em outro. Nesses cenários, o fechamento é comumente executado em toda a empresa de título exclusivo do comprador dentro do estado onde o comprador é descoberto. A companhia de títulos é responsável por supervisionar todos os documentos, receber e desembolsar dinheiro e colocar os documentos de fechamento na lista.

Qual é a chance?
A possibilidade, em qualquer estado de coisas vazio, é que uma lista interposta, ou título, como uma garantia fiscal ou uma sentença contra o vendedor, pode ser registrada entre o momento do fechamento e quando os documentos de fechamento são registrados – os resultados sendo que o comprador também não pode obter o grande título que se transformou em negociado. Os eventos, então, procurarão sua seguradora de título para cobertura.

contando com a jurisdição, o registro eletrônico pode ser uma opção. Muitas jurisdições permitem o envio eletrônico de arquivos graváveis ​​e é provável que mais pessoas observem os trajes de banho mais cedo ou mais tarde. No entanto, à medida que as transações em todo o país se tornam padrão extra, à medida que as transações de portfólio aumentam (compradores que adquirem casas distintas, possivelmente em estados diferentes, do vendedor igual), a chance de entrar na lista no “dia de fechamento” torna-se cada vez mais inexistente. Dentro do clima local atual de transações de propriedade industrial real, o fechamento de buracos não é apenas uma opção – é uma necessidade popular.

Quem assume o risco?
Então, quem tem a chance? Em estados definidos, é puramente comum que as organizações de títulos esperem essa possibilidade. Essa possibilidade pode ser mitigada, em parte, por meio da atualização do título imediatamente antes do fechamento – encurtando assim a lacuna, e por meio da companhia de títulos transferindo arquivos para um agente local que faz as estatísticas no recebimento. Além disso, as agências de títulos costumam procurar desdobrar a possibilidade por meio da exigência de uma indenização de nicho, por meio da qual o vendedor indeniza a empresa de títulos por questões de registro que surjam entre a data do compromisso e o registro.

Para reconhecer a lacuna de indenizações, é fundamental que o indenizador esteja financeiramente em posição. Normalmente, o titular de uma propriedade industrial precisa é uma entidade de ativo único, cujo ativo mais eficaz é a propriedade subjacente. Uma vez que a propriedade tenha passado para os braços do comprador, qualquer um que esteja procurando um recurso para o (agora, muito menos ativos) vendedor pode apenas localizar bolsos vazios. O superior aplicável é pedir à empresa-mãe de um vendedor, ou outra festa de aniversário financeiramente viável, para fornecer a indenização de lacuna.

Entre diferentes pontos, a carta de instrução de fechamento em um fechamento à vista ainda deve obrigar a empresa de título a problema da política no tipo de compromisso marcado ou forma profissional “sem exceções adicionais”. Isso garantirá que a empresa de título seja obrigada a contestar a política idêntica pela qual o comprador negociou, apesar de questões intermediárias de lista.

Seguir essas etapas, descobrir o método e usar companhias de seguro de títulos satisfatórias se combinam para garantir que o fechamento do gap ocorra sem problemas e que as partes obtenham os benefícios de seu preço reduzido.